Te ver me acalma

Alguma coisa em você

Alguma coisa em você

Dhinho Vaz

Alguma coisa em você

Me deixa insano, tira minha paz.

Alguma coisa em você

Me muda os planos e me puxa para trás.

 

Como a lua você me distrai

Desperta algo que eu senti jamais

Tudo acontece e eu não sei explicar

Quando tento te olhar.

 

Alguma coisa em você

Me deixa insano, tira minha paz.

Alguma coisa em você

Me muda os planos e me puxa para trás.

 

Quando tento fugir

fico cego sem saber aonde ir!

 

Pelas ruas você me atrai,

Para eu veleiro, você é um cais.

Tudo anoitece e eu não sei voltar

Quando tento te evitar!

 

Alguma coisa em você

Me deixa insano, tira minha paz.

Alguma coisa em você

Me muda os planos e me puxa para trás.

 

Quando tento fugir

fico cego sem saber aonde ir!

 

Alguma coisa em você

Me deixa insano, tira minha paz.

Alguma coisa em você

Me muda os planos e me puxa para trás.

 

Quando tento fugir

fico cego sem saber aonde ir!

Tudo de uma vez

Tudo de uma vez

Dhinho Vaz

O amanhecer de cada dia

É um lembrete para eu não esquecer

Que ele se foi

Para sempre

 

Dizendo adeus com um sorriso

Vai sumindo no horizonte

Dando passos para trás

Para sempre

 

O medo de ficar só me aflige

E às vezes me faz persegui-lo

E ai eu me sinto buscando o sol no horizonte

Com inocência e esperança de um dia poder abraçá-lo.

Queria poder ver tudo de uma vez

 

Posso sentir

Sua presença

Me olhando nos olhos

E ficando para trás

 

Querendo que

Eu aprenda

Seguir em frente

Viver em paz
 

Queria pedir pra ele deixar eu ver o que passou

Entender o agora e o que vai acontecer

E ai eu me sinto buscando o sol no horizonte

Com inocência e esperança de um dia poder abraçá-lo.

 

Queria pedir pra ele deixar eu ver o que passou

Entender o agora e o que vai acontecer

Queria poder ver tudo de uma vez.

Inocência perdida

Inocência perdida

Dhinho Vaz

Céu azul, mar cor de anil.

Somos do Sul, é verde o tom do Brazil.

Coração rosa, a rosa não fere,

o dedo é para prosa e o mundo não se mexe.


Um interruptor apaga o Sol,

o arco-íris leva às balas.

Os corredores vão às salas.

A ignorância é o nosso fantasma!


Lua de queijo realiza meus desejos!

Palavras não são más, a boca só dá beijo.

Mundo Global... Globalização...

Faz tudo igual, promove a nação!


Não fizeram estradas por que a verba não veio.

Não fizeram paradas devido falhas no freio

Eu sei não deram esmolas para não incentivar o vício.

Será mesmo isso verdade? Vocês acreditam nisso?


...E o meu coração chora enquanto sonha!...


A guerra é pela paz,

O super-homem extermina os vilões!

Só o amor satisfaz,

estar perto aproxima os nossos corações!

 

Ainda teN Amo

Ainda teN Amo

Dhinho Vaz

Passa mais um dia e eu vivo só sem alegria

Passa mais um dia e em meio ao pó eu me lembro daqueles dias

Felicidade se foi quando você se foi

A cidade ficou estranha e sem cor.

 

Não dá para entender o que houve com você

deixou o tempo nos vencer.

Não dá para entender o que houve com aquela paixão

deixamos o tempo nos perder.

 

Saiba que ainda gosto muito de você

e ainda acho uma bobagem essa coisa de idade

Saiba que te acho linda e isso nunca vai mudar

Largo tudo por você, faço tudo por você

Acho que para sempre vou te amar!

 

Saiba que ainda te espero com muita esperança

Ainda guardo o resto das suas coisas com muito carinho

Não quero mais viver sozinho, sem você!

 

Tamanho rosa

Tamanho rosa

Dhinho Vaz

Decolamos para um lugar longe,

outro país, outro espaço, outro planeta

Não havia mais ninguém lá além de nós

No escuro tudo escureceu quando tudo aconteceu!

 

O tempo mudou, mudou a temperatura

perdemos o medo a cabeça se perdeu.

Deu curto, era um vulto, eu estava louco...

...não era. Era paixão, desejo, era você e eu!

 

Então...

quando tudo deu certo, tudo se encaixou

Tudo ficou perto quando me tocou

Sentindo uma coisa estranha pensei:

Isso ninguém nunca me causou.

 

Foram segundos, meses, horas, anos, séculos...

Sei lá. Nenhum relógio nos vigiou

E esquecendo-se do resto, do mundo resto, agente se amou.

 

Foi estranho, foi normal.

Era lógico, inesperado.

Fui um anjo praticando o mal

Era ótico, era sonhado!

Amor e fé

Tamanho rosa

Dhinho Vaz

Decolamos para um lugar longe,

outro país, outro espaço, outro planeta

Não havia mais ninguém lá além de nós

No escuro tudo escureceu quando tudo aconteceu!

 

O tempo mudou, mudou a temperatura

perdemos o medo a cabeça se perdeu.

Deu curto, era um vulto, eu estava louco...

...não era. Era paixão, desejo, era você e eu!

 

Então...

quando tudo deu certo, tudo se encaixou

Tudo ficou perto quando me tocou

Sentindo uma coisa estranha pensei:

Isso ninguém nunca me causou.

 

Foram segundos, meses, horas, anos, séculos...

Sei lá. Nenhum relógio nos vigiou

E esquecendo-se do resto, do mundo resto, agente se amou.

 

Foi estranho, foi normal.

Era lógico, inesperado.

Fui um anjo praticando o mal

Era ótico, era sonhado!

Por medo

Por medo

Dhinho Vaz

Foi por medo que eu decidi

te deixar para trás

Ainda era cedo

e eu tive que ir buscar minha paz

 

Cometi um erro,

agora é tarde e o tempo não volta mais.

Passou o trevo,

não há retorno.

Se há alguma chance eu quero parar.

 

Sei que para tudo há uma segunda chance

Quero voltar para fazer o que não fiz antes.

 

E é certo que assim eu aprendi

A ter coragem e me decidir

A favor do amor que o meu coração sentir.

 

Lembro aquele dia

que eu tive que escolher

Entre alguém e você.

 

Ah como eu queria

voltar o tempo e ver você.

Te sentir, te ter em tudo que eu viver!

É tão bom viver assim

É tão bom viver assim

Dhinho Vaz

Cai a noite, cai a ligação

Vejo guerras na televisão

Mas eu sinto um sossego

Porque eu já não tenho medo!

 

Eu levanto bem cedo

cheio de paz para ver o Sol nascer

é tanta paz que eu já não tenho

mais o que querer!

 

Dá um curto, dá pane

há um muro a diante

e eu sinto uma brisa

pois sei que tudo acaba em pizza

 

Penso e esqueço a corrida,

Paro por aqui

É tanta felicidade que eu

Não quero mais sair!

 

É tão bom viver assim,

é tão bom o bem que você faz para mim

É tão bom te ter, e isso só me faz crescer

 

Quando escurece você é a luz

Quando amanhece você me conduz

Quando perco a razão, você cria teorias.

Para acalmar minha aflição

e dar sentido à minha vida.

Te rever

Te rever

Dhinho Vaz

É sempre um prazer poder te rever,

sua beleza embeleza o meu momento.

Eu fico sem saber o que devo fazer,

Não tenho certeza do que se passa aqui dentro.

 

Fico sem jeito,

um aperto no peito quase me mata.

Fico cego para te ver,

o meu mundo para por você.

Tudo acontece quando você passa.

 

Se isso é amor!?

Talvez.

Seja o que for,

que seja para sempre... de vez!

 

Quero você, sonho com você

o tempo inteiro!

Quero você, sonho com você...

 

Fico sem jeito,

um aperto no peito quase me mata.

Fico cego para te ver,

o meu mundo para por você.

Tudo acontece quando você passa.

 

Se isso é amor!?

Talvez.

Seja o que for,

que seja para sempre... de vez!

 

Quero você, sonho com você

o tempo inteiro!

Quero você, sonho com você...

Quando acordei

Quando acordei

Dhinho Vaz

Eu entrei e fechei a porta,

eu sentei e olhei em volta.

Vi tudo, vi nada, o amor e o ódio.

Futuro, cruzada, uma flor e uns olhos!

 

Me olhando sem querer,

me enganando por você.

Que já é minha razão,

e tem o meu coração.

 

Mas como o bem vence o mal

no fim dos filmes.

Eu com quem pensa igual

a mim, me faz livre.

Para viver em liberdade

um amor de verdade!

 

Quando acordei abri os olhos para enxergar

que é em você que esta o meu altar.

Quando sonhei abri os olhos para criar

para eu e você, o nosso lugar!

 

Semente virou fruto, o sonho se concretizou

eu saí de luto e vi o que restou:

Você e eu, te ver me deu,

o amor que eu pedi para Deus!

Outra vida

Outra vida

Dhinho Vaz

Depois de tantos santos

estou seguindo o que eu quis

Notei ao levantar, uma flor!

 

Antes de sonhar já estou te tento

Antes de acordar já vou te vendo,

Passando ao meu lado e me fazendo

Esquecer do passado que eu já nem me lembro.

 

Meu coração pergunta e teu olhar responde.

Meu corpo enfraquece e você se faz fonte.

De paz, amor, alegria e o resto que me apressa

 

Se é para eu me jogar nessa paixão

eu me entrego,

eu me rendo porque a hora é essa!

 

Passou ao meu lado me fazendo

Esquecer do passado que eu já nem me lembro.

 

Meu coração pergunta e teu olhar responde.

Meu corpo enfraquece e você se faz fonte.

De paz, amor, alegria e o resto que me apressa

 

Se é para eu me jogar nessa paixão

eu me entrego,

eu me rendo porque a hora é essa!

 

Linda como um botão em flor,

quando se abre e acorda para ver o Sol nascer.

Vinda cheia de paixão e amor,

quando emerge, me acorda para ver:

Um Sol, uma lua, outra vida nascer.

1000 cuidados

1000 cuidados

Dhinho Vaz

Cuide bem do que é seu para sempre ter

Cuide bem do seu bem, que ele cuida de você

Cuide bem do que é seu para sempre ter

Cuide bem do seu bem, que ele cuida de você

 

Vai ser de tudo, nada

Vai te fazer feliz,

Futuro, a cada dia,

Ser o que você sempre quis!

 

Quem ama cuida, quem ama quer cuidado.

Se ama escuta: ele pode se sentir só,

mesmo estando do seu lado.

 

Diga que ama, prova

que ama, faça amor!

Amor é prazer, prazer é fazer, fazer é acontecer.

Grudar no corpo e na alma, invadir um coração.

Segurar a mão, puxar pelo braço e prender.

 

Só não se esqueça de deixar a porta aberta

O amor é prisão que nos faz sentir livres!

Para ele se prender à você ele tem que querer

Ele tem que te querer!